5 erros dos empreendedores de primeira viagem

Ah…. o empreendedorismo!

Desde que comecei a empreender (oficialmente) há 2 anos atrás, passei a ter um olhar diferente sobre como encarar meus erros. Nada de ficar se malhando por ter pisado na bola. O importante é aprender a lição e não cometer o mesmo erro. Eu sei que é meio clichê, mas, por incrível que pareça, isso ainda é muito recorrente no mundo empreendedor.

De qualquer forma, lições são sempre bem vindas. Por isso, para você evitar errar por conta própria e dar mais bola dentro que bola fora no seu negócio, listei 5 erros que são super recorrentes dos empreendedores em estágio inicial de carreira. Eis a lista:

1. Possuir funcionários logo de cara

Muitos empreendedores pensam que uma das primeiras coisas a se fazer ao abrir o negócio é contratar pessoas. De fato, existem alguns tipos de negócios que exigem isso. No entanto, para a maioria dos projetos, ter uma equipe enxuta somente com você e seu(s) sócio(s), já é suficiente para o início das operações. Com o seu desenvolvimento, complexidade nos processos e aumento da cartela de clientes, aí sim, fica interessante a contratação de novos integrantes à equipe.

2. Investir em uma infraestrutura própria

2Coworking

Foto: Tot Coworking (João Pessoa/PB)

Outro gasto muitas vezes desnecessário no início da empresa é com o investimento em infraestrutura física. Hoje em dia, graças à tecnologia, boa parte dos negócios podem ser tocados com apenas um notebook e acesso à internet, lógico que atrelados ao nosso conhecimento. Uma dica sempre sugerida é trabalhar em home office, mas que mesmo assim tem suas limitações ao desenvolvimento do negócio. Por isso, uma boa opção são os espaços de coworking, repletos de profissionais para trocar ideias, com internet rápida e super econômicos (chegando a ser quase 80% mais econômicos que ter o próprio escritório).

3. Ficar entocado na sua empresa

Está certo que é preciso ter foco no seu negócio, mas se isolar do mercado é praticamente suicídio. Empresas são sistemas abertos, ou seja, recebem influência de aspectos internos e externos à elas. Dessa forma, estar atento ao que acontece no mercado é fundamental para seu desenvolvimento. Participe de eventos e conheça outros empreendedores. Nada como um bom bate-papo para ter novas ideias e perceber aspectos de melhoria no seu negócio.

4. Escolher o sócio por amizade

Foto: Alejandro Escamilla

Foto: Alejandro Escamilla

Um erro super comum e que muitas vezes custa o futuro da empresa, é a escolha errada do(s) sócio(s). Todo mundo sempre me falou que a sociedade era como se fosse um casamento; e eu, na minha inocência, sempre achei um exagero. Ao ter meu próprio negócio mudei minha forma de pensar. Realmente, o sócio deve ser uma pessoa que tenha total sincronia com você, mas ao mesmo tempo não pode ser igual à você, tem de ser diferente. Ele tem que te complementar, ser sua cara metade e às vezes ser seu freio. A escolha do sócio é algo muito delicado, e não pode ser feito puramente por conta da amizade. Ela deve ser feita levando em consideração o conhecimento necessário de vocês dois (três, quatro ou quantos sócios forem) para o desenvolvimento do negócio. De nada adianta o seu melhor amigo estar tocando o negócio contigo, se ele não tem uma expertise que complemente a sua.

5. Ser informal demais

Por fim, seu negócio é seu negócio. Você é você. Não misture seu lado pessoal com o profissional. Por mais informal que seja o seu negócio, às vezes é necessário um certo grau de formalismo. Pois é! Nunca pensei que fosse falar isso, mas é realmente verdade. Durante o desenvolvimento do seu negócio você irá se relacionar com vários tipos de pessoas, empresas, clientes, fornecedores e parceiros. E em alguns momentos a formalidade será o ponto crucial entre gerar receita para  seu negócio ou perder um grande cliente. Não estou dizendo que você deva mudar sua personalidade para satisfazer alguém, mas tenha em mente que a sua empresa existe para o mercado e não para você mesmo. Equilíbrio é o segredo para tudo.

Esses foram apenas 5 erros que aprendi nessa minha saga empreendedora. Se você lembra de algum outro erro que cometeu, conte sua experiência pra gente aqui nos comentários e vamos compartilhar o conhecimento para que menos pessoas caiam na mesma cilada.

Para não perder nenhum post, assine nossa newsletter na barra da lateral e receba uma notificação no seu email quando houver postagem no Administradores Y. Ah! E não esquece de acompanhar a gente nas redes sociais:


JorgeWanderley_Profile_120x120

Jorge Wanderley

Empreendedor, blogueiro, administrador e social media, montou o primeiro espaço de coworking da Paraíba, o Tot Coworking, enquanto ainda estava na faculdade. Nas horas vagas curte ver um bom filme e tem a fotografia como hobby/paixão.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s