Planejamento a longo prazo

Depois de muito tempo sem postar nada, me senti muito culpado pela estática do meu blog. Gostaria de ressaltar que a razão desse enorme espaço de tempo entre a minha última postagem e essa de hoje foi unicamente falta de planejamento do meu tempo. E como vi que isso me afetou drasticamente, resolvi escrever um post sobre o assunto. Então vamos lá!

Muito se diz sobre planejamento. Para uns o mês de janeiro é reservado para o planejamento anual (Comece bem o ano), para outros isso não é necessário, pois possuem todos os seus objetivos e metas na cabeça. Enfim, não importa como nem quando, mas de alguma forma planejamos a nossa vida. O que vou fazer hoje? E nesse final de semana, será que vou para a pizzaria com os amigos? O planejamento está presente em 100% de nossas vidas.

Na revista da VOCÊ S/A de março (Edição 153) tem uma matéria, cujo título é “Pense bem, faça mais”, que aborda como as pessoas utilizam a mente para cumprir seus objetivos e metas. O caso do gerente-geral da Viacom, Álvaro Barros, me chamou a atenção por possuir uma forma bem distinta de cumprir seu planejamento. Primeiro ele divide seus objetivos em dois grandes grupos: os pessoais e os profissionais. Em seguida, ele subdivide cada uma delas em diversas partes, como: família, filhos, clientes, etc. Após terminar de elencar todos os objetivos que deseja para o ano, Álvaro imprime todos eles e coloca em um lugar bem inusitado: na pasta que carrega todos os dias por todo lugar. Isso mesmo, ele carrega os objetivos para nunca esquecê-los. E no início da semana ele dá uma analisada em todos os objetivos determinando as melhores metas para alcançá-los naquele período.

Outra situação que me chamou a atenção foi encontrada no livro de Provérbios. Isso mesmo, quando eu estava lendo a Bíblia. Calma, não se assustem. Não irei tratar de religião aqui, visto que este não é o foco do blog. Enfim, estava lendo o texto de Provérbios 6:6-8 o qual falava sobre como a formiga trabalha, mostrando a capacidade de planejar seu futuro. Pensei muito e cheguei a conclusão de que a formiga é um animal muito inteligente comparado à nós, seres humanos racionais. Enquanto elas buscam alimento durante todo o verão e o estoca para o inverno, nós não conseguimos nem juntar um dinheirinho sequer para comprar um livro tão desejado. É um exagero essa minha comparação, mas é válida. Precisamos aprender a manter nosso foco e sempre lembrar dos nossos objetivos. Se você quer comprar aquele notebook que tanto sonha, junte dinheiro, se programe, e não desvie sua atenção do objetivo. Na vida é preciso fazer algumas concessões para conseguir atingir aos seus maiores objetivos.

Termino este post mostrando para vocês que atingir os objetivos não é difícil, mas exige um pouco de comprometimento e dedicação. E você? Tem alguma forma de cumprir os seus objetivos na vida? Não hesite em compartilhar conosco. Sempre é bom conhecer técnicas novas. Espero que consigam cumprir o planejamento de vocês. Abraço e até a próxima!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Site no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: