As fases de uma Startup

Quem é que não gostaria de ter uma startup que conseguisse um super investimento para sua operação? Todo mundo, né.

Muitas pessoas são mais afoitas e já querem buscar investimento antes mesmo de começar o negócio. Mas, calma! Existe um momento certo para isso acontecer. Não vamos colocar o carro na frente dos bois.

Fazendo uma analogia com nossas vidas, é como se a gente quisesse sair da fase infantil para a adulta pulando a adolescência. Não tem como.

Toda startup passa por uma série de fases necessárias para seu crescimento e cada um deles possui um objetivo distinto. É muito importante você entender que, por mais que a startup seja um negócio com rápido crescimento, querer fazer as coisas na hora errada pode custar o seu fracasso (assim como perder o timing da ação pode também prejudicar seu negócio).

Fazendo uma analogia com nossas vidas, é como se a gente quisesse sair da fase infantil para a adulta pulando a adolescência. Não tem como. Você precisa passar por cada uma dessas fases no seu negócio.

Vamos entender melhor as 3 principais fases de um startup:

Fase 1: Ideação

Antes de tudo virar uma empresa, você teve uma ideia. Você estava vivendo sua vida numa boa, quando acabou tendo um insight bacana de negócio.

A fase da Ideação é justamente a fase das ideias. É o momento onde você só tem hipóteses na sua cabeça e tudo ainda é desconhecido. Seu objetivo é encontrar as respostas certas para suas dúvidas e conseguir pensar na melhor solução para as pessoas.

Mas antes de pensar na solução, você precisa ter um problema. Afinal, não tem como chegarmos a uma resposta sem ter uma pergunta, não é mesmo?

Por isso, pense muito bem no problema que as pessoas possuem, como elas lidam com ele e qual o impacto que isso tem em suas vidas. Interaja com elas, valide suas hipóteses de possíveis problemas.

Não adianta imaginar um problema interessante, é preciso ter certeza que esse problema existe e que sua solução atenda bem às pessoas.

Fase 2: Operação

Depois de ter certeza das suas dúvidas e sair do campo do “achismo”, sua startup entrará na fase de Operação.

Aqui seu foco estará em entregar uma solução de qualidade para seus clientes, cuidar do funcionamento do negócio e de toda a cadeia produtiva da startup.

Vai precisar de mais mãos para a operação conseguir rodar? Contrate mais pessoas. Firme parcerias estratégicas. Otimize o processo produtivo. Dedique todo o seu tempo em lapidar mais o modelo de negócio e captar novos clientes.

Nesse momento sua startup está atuando no mercado e precisa se sustentar de alguma forma. Por isso, desenvolver bem o setor de vendas e buscar investimentos acaba sendo pontos cruciais para o crescimento da startup.

Você precisa estar preparado para receber investimentos maiores e atender cada vez mais clientes – tudo isso sem perder a qualidade de produto e serviço.

Fase 3: Tração

Agora que sua startup já está se entendendo e sabe bem como funciona sua atuação no mercado, está na hora de alçar vôos maiores, e é aí que você entra na fase de Tração.

Nessa etapa seu negócio vai começar a aplicar um dos pilares básicos do conceito de ser uma startup: a escalabilidade. O objetivo dessa fase é crescer de forma exponencial e ganhar cada vez mais mercado com sua solução.

Mais do que tudo, você precisa ter total controle do Fluxo de Caixa, conhecer bem os números de vendas e ter o modelo de negócio bem redondo. Não há espaço para amadorismo na hora de crescer. Você precisa estar preparado para receber investimentos maiores e atender cada vez mais clientes – tudo isso sem perder a qualidade de produto e serviço.

O tão aguardado Sucesso!

Depois de passar por todas essas 3 fases da sua startup, você está cada vez mais perto de alcançar o tão aguardado sucesso. Mas como sabemos, o sucesso é algo muito relativo: pode ser atingir uma meta de faturamento anual, pode ser ter conseguido vender sua startup para outra empresa maior, pode ser a atuação em dezenas de países ao redor do mundo…

Uma dica que dou: não busque montar sua startup pensando no retorno financeiro que você poderá um dia ter no futuro; monte sua startup para resolver o problema de alguém e tenha prazer nisso. Isso com certeza fará toda a diferença na sua jornada como empreendedor e na forma como sua startup alcançará o mercado.

Escute abaixo a minha coluna Empreendedorismo na CBN João Pessoa (101.7 FM) falando sobre as fases da startup e como dar o pontapé inicial nela:

  • CBN #104 | Startup e suas fases

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Site no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: