Por que decidi ter uma rotina “fitness”?

Detesto essa terminologia “fitness”. Usei porque é assim que as pessoas associam a um estilo de vida saudável.

Quem me conhece sabe que sempre fui workaholic assumido. O trabalho é minha maior paixão e posso virar noites e noites mexendo no Excel ou editando artes no Photoshop.

No entanto, após 3 anos de uma rotina extremamente intensa de trabalho, faculdade, TCC, eventos de empreendedorismo, startups em desenvolvimento e inúmeras outras atividades, vi que tinha algo estranho comigo. Alta carga de stress.

Pois é amigos! Se a pessoa não tem uma vida equilibrada, o stress é inevitável.

A sobrecarga de trabalho, de decisões e de problemas que surgiam ao longo do caminho me fizeram chegar em um nível de stress que eu nunca imaginei que fosse ter tão cedo. E claro que ao me ver nessa situação onde não tinha nenhum tipo de escape ao trabalho, decidi tomar uma atitude.

O que mudei na minha rotina

Primeiro comecei a estabelecer um limite de hora para trabalhar à noite. Falei pra mim mesmo: esqueça reuniões por Skype às 22h, ficar cuidando do financeiro à meia-noite ou preparando a arte do próximo evento às 01h da madrugada.

Aprendi a ter amor próprio e zelo pela minha saúde e cortei esse vícios. Sim! Vícios porque na maioria das vezes não era necessário fazer essas atividades nesses horários. Dei uma de Bela Gil e troquei às reuniões de noite por reuniões pela manhã, organizar o financeiro somente no fim da tarde, e preparar arte, deixei para a hora entre o fim da manhã e início da tarde.

Mas o que isso tem a ver com ser “fitness”, Jorge?

Bem, além dessa mudança na minha rotina, adicionei uma nova: praticar atividades físicas. Algo que sempre curti desde criança, mas que abandonei com a justificativa de “falta de tempo”. Decidido a ter uma vida menos sedentária, mas com a limitação da minha rotina ser muito louca, optei por me matricular na academia – já que dependia apenas de mim mesmo para ir, fazer o exercício e voltar ao trabalho.

Me rendi ao esporte onde puxar ferro e gritar fazem parte do dia-a-dia – assim, cá entre nós, você pode dispensar a parte do grito e só puxar ferro mesmo. Nunca pensei que fosse dizer isso, mas ir pra academia me tranquilizou de uma forma que hoje virou uma atividade sagrada. I love it!

Mas não foi só isso. Recentemente decidi adicionar novas atividades na minha rotina, e comecei a correr na praia aos Domingos pela manhã, e ao menos 1x por semana me junto com uns amigos para jogar vôlei na praia – ou na quadra.

A questão que queria mostrar é que não adianta trabalhar sem parar. Uma hora o corpo e a mente vão reclamar e pode ser tarde demais. Dedique um tempo pra você como uma forma de descansar a mente fazendo coisas completamente fora da sua rotina de trabalho e que te proporcionem prazer. Garanto que você vai sentir a diferença e sua produtividade vai melhorar.

Imagem: Jorge Wanderley

Anúncios

3 comentários sobre “Por que decidi ter uma rotina “fitness”?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s