O que tem por trás do #10YearChallenge?

Estava eu trabalhando e decidi dar uma pausa para conferir as notificações do Instagram. E eis que me deparo com uma timeline repleta de posts semelhantes com legendas do tipo: “O tempo me fez bem”, “Não mudei quase nada” e “Olhe essa diferença.”. Mal sabia eu que estava acontecendo a febre do #10YearChallenge.

Postar uma foto comparando sua evolução ao longo dos últimos 10 anos parece uma ação completamente inofensiva, e até divertida. Confesso que não participei da brincadeira; mas não por conta do que descobri depois a respeito do meme, e sim por não querer atrapalhar meu feed (sim, eu me preocupo um pouco com a estética dele – risos).

Ao ver a quantidade de pessoas compartilhando sua evolução natural em fotos, eu logo saquei que era um meme que estava dominando a internet. Mas, que meme era esse? De onde ele veio? A única coisa que eu sabia era que o mundo inteiro estava participando. Vários famosos até brincaram com isso e fizeram postagens cômicas; outros utilizaram o momento e a visibilidade da hashtag para trazer uma reflexão sobre o impacto ambiental ao longo dos anos.

Mas a grande questão é: O que isso tem de tão grave?

O que tem por trás do meme?

E foi na própria rede social, onde eu descobri o meme, que eu encontrei o outro lado da brincadeira.

Graças ao Stories de um amigo, fui exposto a uma teoria um tanto que curiosa. Em resumo, ela indica que o Facebook teria criado essa hashtag como uma forma de “calibrar” os algoritmos da plataforma e, assim, melhorar o reconhecimento facial e a evolução da progressão etária.

Brilhante, não acham?

Acabei indo atrás dessa informação e caí no texto “Facebook’s ’10 Year Challenge’ Is Just a Harmless Meme – Right?” da autora dessa teoria, Kate O’Neill. Ela é fundadora do KO Insights e autora dos livros “Tech Humanist” e “Pixels and Place: Connecting Human Experience Across Physical and Digital Spaces”.

Kate escreveu esse texto inspirada na repercussão de sua thread no Twitter. Lá ela brinca, usando o formato do próprio meme, e diz que há 10 anos atrás teria entrado na brincadeira, como todo mundo; mas que hoje em dia ela fica pensando se seus dados compartilhados na rede poderiam ser usados para treinar algoritmos de reconhecimento facial.

Será mesmo?

À primeira vista eu achei que fosse uma brincadeira com a capacidade de poder que Mark Zuckerberg tem com relação aos dados gerados na internet. Mas depois de refletir um pouco e juntar os pontos, confesso que não achei nada impossível de ser verdade.

Todo cuidado é pouco quando se fala em uso de dados e compartilhamento de informações.

Se, há alguns meses vimos o polêmico caso da Cambridge Analytics, onde o Facebook foi acusado de fornecer dados de milhões de pessoas, podendo ter influenciado as eleições dos EUA, hoje em dia, tudo é possível vindo da gigante da internet.

Ainda não existe um cuidado (por parte dos usuários) com relação ao fornecimento de dados pessoais no ambiente digital. Basicamente temos toda a nossa vida exposta, e muitas vezes publicadas com o nosso consentimento. Compramos, vendemos, lemos, nos divertimos, conhecemos pessoas, compartilhamos fotos, localizações…

Todo cuidado é pouco quando se fala em uso de dados e compartilhamento de informações. Estamos navegando em um meio muito novo, e não temos noção do que isso pode acarretar no futuro.

Sabe aquele cuidado que nossa vó falava com o microondas? “Cuidado com isso, menino. Você não sabe se essas ondas podem te dar câncer no futuro”. Isso é do mesmo jeito na internet. Por isso, precisamos entender que nossas ações no meio digital podem gerar consequências no futuro – sejam elas positivas ou negativas.

E você? Participou dessa brincadeira? O que acha disso tudo? Comenta aí.

Foto: Alyssa Foote (Getty Images)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Site no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: