Por que fazemos o que fazemos?

O que nos motiva a fazer o que você fazemos? Qual a razão das nossas atividades? E se deixássemos de fazê-las sentiríamos saudades?

Sempre vemos pessoas que amam o que fazem, que não trocariam suas vidas por nada, e pessoas que detestam o seu dia-a-dia, que se pudessem voltar no tempo teriam feito outras escolhas. E nós? Como devemos encara nossa vida?

Tudo começa com o temido “vestibular”. Somos desafiados a escolher um curso que estudaremos durante os 4 ou 5 anos seguintes (dependendo do curso) e que muito provavelmente estaremos lidando com ele durante todos os dias da nossa vida pós-universidade. Desde então, enfrentamos diversos outros desafios onde a nossa escolha pode nos levar ao sucesso ou ao fundo do poço.

É por isso que precisamos saber o que queremos para nós hoje e o onde queremos chegar amanhã, levando sempre em consideração as experiências vividas.

“Como anda a minha vida?” deve ser a pergunta que devemos fazer a nós mesmos de tempos em tempos. É uma espécie de pesquisa de satisfação pessoal, onde o resultado influenciará nas nossas decisões futuras.

Após isso, se você perceber que não era aquilo que você queria para a sua vida, é preciso estabelecer planos de ação para chegar onde você almeja, e ainda é importante perceber quando sua estratégia não está dando certo para partir pra outra.

Termino dizendo que a vida pode se vivida com maior satisfação, só precisamos fazer aquilo que amamos, com alegria e dedicação.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Site no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: